Nossa dica desta semana é um delicioso convite!  Um convite a degustar e saborear esta magnífica palestra do psicólogo e professor Guto Pompéia, no Colégio Móbile, em maio passado.

Partindo da narrativa do mito de Ícaro, Guto nos conta brevemente as lições que Dédalo ensina ao seu filho sobre o uso da liberdade e discursa sobre aspectos aos quais devemos nos atentar para o seu perfeito exercício: a diferença entre escolha e decisão; a importância do obedecer/ouvir (o que e a quem); a limitação da liberdade independentemente do outro; a possibilidade do compartilhamento de sonhos e de criação conjunta do mundo, como exercício permanente da liberdade e da essência humana.

Aos pais e educadores, indispensável e obrigatório.

Aos adolescentes, um convite à reflexão.

A todos, uma sugestão! Aproveitem!

Clique AQUI

 

 

 

Share This Post
Tags : | add comments

A Muda Mundo Consultoria foi novamente convidada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Cabo Frio, para estruturar o IV Seminário de Enfrentamento e Prevenção às Drogas, com foco específico em políticas públicas e tratamento.

O objetivo deste Seminário foi promover a reflexão dos participantes sobre a importância da construção e implementação de estratégias políticas para o enfrentamento eficiente ao consumo de álcool e outras drogas, bem como elucidar as principais formas de tratamento para dependência química.

O evento foi realizado na FERLAGOS – Fundação Educacional da Região dos Lagos, em Cabo Frio, nos dias 21 e 22/06/2012, e contou com a participação de diversos representantes do Poder  Público local, conselheiros tutelares e diversos trabalhados das Secretarias de Saúde e da Assistência Social, de organizações não governamentais e de comunidades terapêuticas. Também compareceram representantes destas áreas dos municípios de Búzios, Arraial do Cabo, Araruama, São Pedro da Aldeia e Campos do Goytacazes.

Para atingir o objetivo proposto, a Muda Mundo Consultoria organizou cinco palestras e uma atividade para discussão e esboço de algumas diretrizes para políticas públicas locais.

  Luca Santoro Gomes, mestre em Aconselhamento Psicodinâmico pela Universidade de Londres       e especialista em Dependência Química pela UNIAD/ UNIFESP, iniciou o Seminário com a palestra  “Políticas públicas para o controle de álcool, tabaco e outras drogas”. A partir da discussão dos  conceitos de saúde e de promoção de saúde,  foram apresentados exemplos de políticas públicas  efetivas voltadas ao enfrentamento ao consumo de drogas e do álcool, com destaque especial para aquelas  implantadas no município de Diadema, em São Paulo. Ressaltou-se a importância da integração  das ações provenientes das diversas secretarias municipais que, uma vez unificadas, constróem  a política local para o enfrentamento do problema.

Na sequência, a psicóloga e também especialista em Dependência Química pela UNIAD/UNIFESP, Isabel Ferreira, abordou o tema “Organização de Serviços de Tratamento em Dependência Química”.  A palestra discutiu a importância do planejamento dos serviços, em concordâncias aos princípios gerais do tratamento à dependência química. Além disto, apresentou a Enfermaria de Tratamento de Dependência de Álcool, tabaco e outras drogas, coordenada pela UNIAD/UNIFESP, em São Bernardo do Campo/SP, como referência de uma boa prática nesta área.

  A palestra “Políticas Públicas voltadas à criança e ao adolescente” foi ministrada por Roberta Pompêo de Camargo Carvalho, psicóloga, mestre em Serviço Social e diretora de projetos da Muda Mundo Consultoria. Seu foco foi a discussão do uso e abuso de substâncias psicoativas por crianças e adolescentes como violação de direitos e a importância do respeito à legislação da Saúde (SUS), da Assistência Social (SUAS) e do ECA, bem como observância do princípio da intersetorialidade na construção de uma política específica de enfrentamento ao consumo de álcool e outras drogas por parte desta população.

No final do primeiro dia, Isabel também abordou o tema “Terapias Psicológicas e Prevenção do Abuso de Substâncias Psicoativas”, com ênfase na apresentação dos principais modelos etiológicos da abordagem da dependência química e nas principais terapias psicológicas que surgiram como decorrência dos mesmos. Também foram destacados aqui os fatores de risco e de proteção para o consumo de substâncias psicoativas.

O segundo dia foi aberto com Luca Santoro falando  sobre “Populações Especiais”. Sua tônica foi a discussão da diversidade cultural, suas dimensões e o seu gerenciamento.

Na sequência, os participantes enfrentaram o difícil desafio de discutir e esboçar ideias sobre possíveis diretrizes e ações para construção de uma política municipal de enfrentamento ao uso/consumo de álcool e outras drogas. Ainda que este Seminário tenha discutido o tema de forma ampla, abordando diversas populações, os participantes privilegiaram focar a criança e o adolescente. Os diversos grupos de trabalho apresentaram sugestões interessantes, plausíveis e complementarem entre si. 

  O fechamento do evento consistiu no apontamento dos principais aspectos abordados por cada grupo por parte dos consultores e, principalmente, no incentivo à continuidade das discussões e na formulação desta política, pela comunidade local, na plenária do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Cabo Frio.

Espera-se, agora,  os resultados efetivos dos esforços empreendidos pelo município de Cabo Frio, neste último ano.

Outras informações no link: http://www.cabofrio.rj.gov.br/detalhenoticia.aspx?id=ee40256d-5a65-4473-be08-e90ae1ea4d21

 

 

Share This Post
Tags : | add comments