Estamos recebendo alguns contatos de Serviços de Medidas Socioeducativas em Meio Aberto (SMSE-MA) da capital interessados em capacitações para suas equipes de profissionais.

Um primeiro ponto a ser esclarecido é que a Muda Mundo Consultoria elabora suas propostas de atuação a partir de uma demanda solicitada. Ou seja, vale a pena que as instituições/serviços/conselhos/empresas, interessados no nosso trabalho, façam um contato a fim de solicitar uma proposta de atuação e orçamento, sem compromisso.

No âmbito das medidas socioeducativas, temos duas capacitações já estruturadas sobre o Plano Individual de Atendimento (PIA). Isto porque, no ano passado, fomos procurados por serviços que se interessaram especificamente por este tema. São elas:

1)  Plano Individual de Atendimento no processo socioeducativo das medidas em meio aberto

Com 04 horas de duração, esta capacitação tem por objetivo instrumentalizar os participantes para construção e desenvolvimento do Plano Individual de Atendimento de adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa em meio aberto.

Trata-se de um trabalho pontual, com foco na exposição dos conteúdos, discussões em grupos e um exercício prático.

2)  Construção do Plano Individual de Atendimento no contexto das medidas socioeducativas em meio aberto de São Paulo/Capital

Esta capacitação tem a duração de 40 horas, distribuídas em 02 encontros mensais de 04 horas cada, por um período de 05 meses. Seu foco é qualificar os profissionais dos SMSE-MA  na construção do PIA , a partir de diretrizes metodológicas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social de São Paulo/ SMADS.

Para isto, utilizamos um caso real atendido no serviço. A este caso serão aplicadas as metodologias de estudo de caso e da construção do PIA adotadas pela SMADS e também serão discutidas propostas de estruturas dos relatórios para que eles possam apresentar, monitorar e avaliar o processo socioeducativo em questão.

A proposta desta capacitação é que haja a junção de dois serviços (da mesma região ou da mesma organização), a fim de proporcionar a troca entre os profissionais das equipes e enriquecer as discussões. Também é aconselhável a participação dos supervisores técnicos dos CRAS/CREAS das regiões, bem como dos gerentes dos serviços.

Para outros esclarecimentos, é só postar aqui as suas dúvidas.

 

Share This Post
Tags : | 5 comments